Grupo usava água de cisternas para encher galões. Quatro pessoas foram conduzidas para a delegacia.
A Polícia Civil fechou na tarde desta quinta-feira (28) uma fábrica de falsificação de água mineral em um galpão dentro de um sítio, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Quatro pessoas foram conduzidas para a delegacia.

Segundo a polícia, o grupo abastecia os galões com água de cisterna e usava impressoras para fazer os rótulos. “Os suspeitos retiram a água da cisterna e, como vocês puderam perceber no processo de fabricação, eles colocam essas águas em embalagem, lacram com selo e revendem em toda região metropolitana”, disse Pedro Henrique Vieira, delegado responsável pelo caso.

Os produtos falsificados seriam da marca Igarapé. No local, também foi encontrado uma grande quantidade de fogos de artifício. De acordo com a corporação, ainda foram apreendidos materiais de alta tecnologia para fazer a cópia dos selos e rótulos

Comentários no Facebook