Do UOL:

O hoje governador Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais, fez campanha eleitoral criticando duramente o uso de aeronaves do estado pelos antecessores no cargo.

Mas já fez 16 viagens em aeronaves oficiais, o equivalente a uma a cada cinco dias, entre 16 de janeiro e 29 de março, de acordo com dados do Portal da Transparência do governo de Minas divulgados nesta semana.

Os destinos mais constantes nas viagens do político do Novo foram os aeroportos Juscelino Kubistchek, em Brasília, e Romeu Zema, em Araxá (MG), que homenageia o avô do governador, em sua cidade natal, distante 368 km de Belo Horizonte.

Zema também utilizou aeronaves oficiais para seus deslocamentos entre Belo Horizonte.

(…)

Em vídeo após ser eleito, anuncia o “fim da farra dos aviões” e a venda do primeiro avião, “conforme compromisso assumido em campanha”. “Nunca mais Minas vai ser o estado que vai ficar levando o governador e seus familiares para compromissos particulares. Temos de respeitar o dinheiro que o povo mineiro paga de impostos”, diz na filmagem.

(…)

Comentários no Facebook